Uma Igreja Viva para o Deus Vivo

Culto do dia

  • Culto de Oração, Quarta às 20:00
5.04.2018

Devocional – João 17.26

Quando eu estarei satisfeito?
Eu lhes fiz conhecer o teu nome e ainda o farei conhecer, a fim de que o amor com que me amaste esteja neles, e eu neles esteja. (João 17.26).

Imagine ser capaz de desfrutar o que é mais agradável com poder e paixão ilimitados para sempre.

Essa não é a nossa experiência atual. Três coisas ficam no caminho de nossa completa satisfação neste mundo.

  1. Nada tem um valor pessoal grande o suficiente para satisfazer os anseios mais profundos dos nossos corações.
  2. Nós não temos a força para provar os melhores tesouros em sua máxima excelência.
  3. Nossas alegrias aqui chegam a um fim. Nada dura.

Mas, se o propósito de Jesus em João 17.26 se tornar realidade, tudo isso mudará.

Se o prazer de Deus no Filho se tornar nosso prazer, então o objeto de nosso deleite, Jesus, será inesgotável em valor pessoal. Ele nunca se tornará enfadonho, decepcionante ou frustrante. Nenhum tesouro maior do que o Filho de Deus pode ser concebido.

Além disso, nossa capacidade de saborear esse tesouro inesgotável não será limitada por fraquezas humanas. Nós fruiremos do Filho de Deus com o próprio gozo do seu Pai.

O deleite de Deus em seu Filho estará em nós e será nosso. E isso nunca acabará, porque nem o Pai nem o Filho nunca terminam. Seu amor um pelo outro será o nosso amor por eles e, portanto, nosso amor por eles nunca findará.

Fonte: Voltemos ao Evangelho e Ministério Fiel – Devocional Alegria Inabalável – John Piper