Uma Igreja Viva para o Deus Vivo

Culto do dia

  • Sociedade Feminina Missionária, Quinta às 14:00
9.02.2018

Devocional – Colossenses 1.11

Força para esperar
Sendo fortalecidos com todo o poder, segundo a força da sua glória, em toda a perseverança e longanimidade; com alegria. (Colossenses 1.11)

Força é a palavra certa. O apóstolo Paulo orou pela igreja em Colossos, para que fossem “fortalecidos com todo o poder, segundo a força da sua glória, em toda a perseverança e longanimidade” (Colossenses 1.11). Paciência é a evidência de uma força interior.

Pessoas impacientes são fracas e, portanto, dependentes de apoios externos — como horários exatos e circunstâncias que apoiem seus frágeis corações. Suas explosões de xingamentos, ameaças e críticas severas aos culpados que cruzaram seus planos não soam fracas. Porém, todo esse barulho é uma camuflagem da fraqueza. A paciência exige enorme força interior.

Para o cristão, essa força vem de Deus. É por isso que Paulo está orando pelos Colossenses. Ele está pedindo a Deus para capacitá-los para a paciência constante que a vida cristã exige. Mas quando ele diz que a força da paciência é “segundo a força da glória [de Deus]”, ele não quer dizer apenas que é preciso poder divino para tornar uma pessoa paciente. Ele quer dizer que a fé neste poder glorioso é o meio pelo qual o poder da paciência surge.

A paciência é, de fato, um fruto do Espírito Santo (Gálatas 5.22), mas o Espírito Santo capacita (com todos os seus frutos) por meio da “pregação da fé” (Gálatas 3.5). Portanto, Paulo está orando para que Deus nos conecte com a “força da glória” que dá poder à paciência. E essa conexão é a fé.

Fonte: Voltemos ao Evangelho e Ministério Fiel – Devocional Alegria Inabalável – John Piper