Uma Igreja Viva para o Deus Vivo

Culto do dia

  • Celebrando a Recuperação - Pr. Tiago, Segunda às 20:00
7.01.2018

Ano da Reconstrução

Neemias foi grandemente usado por Deus para reconstrução de Jerusalém, principalmente de seus muros. Apesar de ser um homem simples em seu tempo, fez diferença por ter se colocado nas mãos do Senhor para cumprir seu propósito.

Neemias era copeiro do rei Artaxerxes, rei da Pérsia, na época do cativeiro. A Bíblia diz que certo dia, Neemias recebeu a visita de Hanani e um de seus irmãos, vindos de Jerusalém. Ele questionou acerca dos judeus que restaram, os sobreviventes do cativeiro e também da própria cidade. A resposta de Hanani abateu o coração de Neemias a ponto dele sentar e chorar ao saber que aqueles que sobreviveram ao cativeiro, passaram por grande sofrimento e humilhação e, os muros de Jerusalém foram derrubados e suas portas destruídas pelo fogo.

Quando recebeu essa notícia, chorou muito, porém, não ficou só no choro, passou dias jejuando e orando ao Deus dos céus clamando por misericórdia, perdão e livramento. Neemias não se conformava com tudo aquilo que estava acontecendo; buscou em Deus graça e estratégia para mudar a história de seu povo.

Durante a leitura do Livro de Neemias vemos como essa inconformidade e clamor a Deus fez com que ele lograsse êxito na reconstrução dos muros. Muitas foram as dificuldades enfrentadas por ele durante a reconstrução, mas com fé e firmeza, enfrentou todos os problemas e venceu.

Uns dos textos que mais amo no livro se encontra no cap. 6, versículos 15 e 16:

“Acabou-se, pois, o muro aos vinte e cinco dias do mês de Elul, em cinquenta e dois dias. Sucedeu que, ouvindo-o todos os nossos inimigos, temeram todos os gentios nossos circunvizinhos e decaíram muito no seu próprio conceito; porque reconheceram que por intervenção de nosso Deus é que fizemos esta obra”. Neemias reconhece que foi a bondosa e poderosa mão do Senhor que os levou a realização do sonho.

Deus tem colocado em nosso coração que este novo ano será o da reconstrução de tudo aquilo que nos foi destruído. Reconstrução de tudo, que por diversas circunstâncias, acabamos abrindo mão do que Deus nos deu e confiou.

Muitos de nós, como Neemias, estamos chorando ao contemplarmos de todo prejuízo que as adversidades da vida nos trouxeram nesses últimos anos, mas em nome de Jesus, nos levantaremos e lutaremos para reconstruir nossos sonhos, famílias, empresas, ministérios e tantas outras coisas, reconhecendo que a bondosa e poderosa mão do Senhor estará ao nosso lado.

Quero encerrar este pequeno texto declarando que assim como o Senhor usou Neemias, apesar de todas suas limitações, usará sua vida para fazer aquilo que ninguém imaginava.

Profetizo um ano de reconstrução em nome de Jesus. Tome posse dessa palavra, pois estou liberando sobre sua vida e sobre nossa igreja, tendo a certeza da confirmação e agir do Senhor!

No amor do Pai,

Pr. Paulo Klawa